Primeiro, o que são influenciadores digitais?

 

Os influenciadores digitais são o centro do Marketing de Influência. Eles possuem um grande poder de prender a atenção, alterar comportamentos, influenciando até em uma decisão de compra. Como conseguem? Através da produção de conteúdos considerados relevantes para o seu público e da aproximação que possuem com o mesmo.

 

Conseguem obter a confiança de um grande público, alvo de determinados mercados. Por isso, cada vez mais empresas têm buscado aproveitar a popularidade on-line dos influenciadores para divulgarem a sua marca. Esse é o Marketing de influenciadores: um tipo de Marketing que utiliza estratégias, das quais o influenciador é o seu veículo de divulgação.

 

Atualmente, as grandes mídias não são mais as únicas detentoras da informação. Não tem muito tempo que apenas as pessoas que conseguiam uma carreira na televisão é que conseguiam ser famosas. Os famosos conhecidos e reconhecidos nas grandes mídias, como atores e apresentadores, com grande poder de influência, são chamados de celebridades. Em contrapartida, as celebridades sempre foram, até pouco tempo atrás, pessoas muito distantes do seu público. Muitos deles não apreciam ser incomodados pela imprensa. Para saber da vida pessoal de celebridades, paparazzi tinham que entrar em ação!

 

Depois do surgimento das mídias digitais tudo mudou!

 

Pessoas comuns puderam começar a criar e divulgar o seu próprio conteúdo. E aqueles que trataram de ser pioneiros nas mídias digitais, ficaram à frente. Com isso, temos hoje grandes influenciadores digitais, pessoas que conseguiram uma grande fama na internet! São consideradas líderes de opinião, e em qualquer assunto que abordarem vão ter a atenção do seu público, tamanha é a confiança do mesmo. Quem não conhece Whindersson Nunes? Caso não conheça, mas quer aprender sobre o mundo digital, comece pesquisando sobre ele, atualmente o 1° do ranking dos maiores influenciadores digitais do Brasil!

 

Com a concorrência das mídias digitais, até as celebridades começaram a perceber a importância de estarem também presentes nessas mídias. Assim, começaram a se fazer presentes, abordando assuntos em geral e até mostrando a sua vida pessoal para os seus milhares de seguidores. Celebridades como Lázaro Ramos e Taís Araújo estão no ranking entre os maiores influenciadores do Brasil. No entanto, existe uma relação inversamente proporcional entre engajamento com o público e número de seguidores. Isto é, quanto maior o número de seguidores, quanto mais conhecidos e quanto mais patrocínio possuem, menor é o envolvimento com o seu público.

 

Hoje em dia também temos um outro cenário: inúmeras pessoas comuns, que possuem algumas unidades de milhar até algumas centenas de milhar de seguidores. Produzem conteúdos de nicho, ou seja, dentro de um segmento bem específico, exemplo: culinária, viagem, moda, música, dança, etc. E por possuírem uma quantidade significativa de seguidores, mas não tão grande quanto o número de seguidores dos grandes influenciadores, são chamadas de Microinfluenciadores digitais. Por terem um número menor de seguidores, geralmente possuem um engajamento maior com o seu público do que os grandes influenciadores e muito maior do que as celebridades.

 

Engajamento

 

É um fator extremamente importante na construção da confiança. Quem hoje em dia não vai procurar dicas de viagens na internet antes de ir viajar? Ou qual a mulher que não busca dicas de moda nas redes sociais? Buscamos a todo momento pessoas nas quais possamos confiar, que nos possibilite conhecer mais sobre algo que estamos procurando comprar ou fazer. Isso ocorre tanto no ambiente off-line, quando buscamos ajuda de amigos, quanto no ambiente online, quando começamos a seguir pessoas que falam de assuntos que nos interessam. E quanto mais eles nos parecem mais próximos, confiáveis e cativantes, mais queremos fazer o que eles fazem e usar o que eles usam.

 

Concluindo… número de seguidores e número de curtidas NÃO são dados tão relevantes se o microinfluenciador não demonstrar engajamento com o seu público. Muitos microinfluenciadores desabafam conosco dizendo que hoje em dia não está fácil crescer nas mídias sociais. Falam isso por causa da concorrência, que muitas vezes chega a ser desleal. Sim, há muitas pessoas que compram seguidores e likes para serem bem vistos por empresas e conseguir parcerias mais rápido. A concorrência está grande e desleal mesmo, não vamos mentir! Mas, empresas que querem buscar resultados positivos devem buscar influenciadores com audiência real! Falaremos, em um próximo artigo, sobre estratégias de Marketing de Influência, desde a busca pelo melhor influenciador para divulgar a empresa até a escolha de qual estratégia utilizar. Se você é uma empresa, envie-nos as suas dúvidas sobre marketing de influência! Ficaremos felizes em responder!

 

Se você é um microinfluenciador e faz o seu trabalho legal, criando bons conteúdos, buscando envolvimento com os seus seguidores, NÃO DESANIME, continue nesse caminho! OS BONS RECEBERÃO A SUA RECOMPENSA! Você, talvez, só precise se profissionalizar para deslanchar! Envie-nos quais são as suas dificuldades como microinfluenciador! Queremos saber como podemos ajudar você! Falaremos mais sobre profissionalização de microinfluenciadores em outro post! Fique ligado aqui em nosso blog e em nosso Insta: @optme.io!

 

Um grande abraço e SUCESSO! Até o próximo post!