Marketing de Interrupção

Antes de falarmos sobre o Inbound Marketing ou Marketing de Atração, vamos falar sobre outro tipo de marketing que tinha predominância, até pouco tempo, o chamado “Marketing de Interrupção”. Apesar de parecer um nome estranho, este está muito presente na vida da maioria das pessoas. Lembra-se de quando está assistindo a uma novela, um programa ou a um filme na televisão e você é interrompido por uma propaganda no meio da programação? Ou de quando você está em um site, e abre um pop-up (uma caixa com uma propaganda) na sua frente? Pois é, não é preciso dizer que todo mundo odeia tudo isso, não é mesmo? rs É tanto verdade, que nos horários de propaganda na tv, sempre aproveitamos pra ir ao banheiro, tomar uma água, ou mudar de canal. E para evitar os pop-ups na web, instalamos um bloqueador de pop-up, e está resolvido!

Hoje em dia, ainda vemos muito marketing de interrupção por aí, não só na própria televisão, mas em plataformas digitais, como o Youtube e o Spotify. Vale lembrar que esse tipo de marketing ainda existe pois é ele que sustenta todo o conteúdo gratuito que fica disponível a todos os usuários. Caso você não queira ser interrompido por anúncios, tem a opção de assinar o plano Premium (pago) dos aplicativos que utiliza, além da TV à cabo. Em tudo na vida temos escolhas!

Coloque-se no lugar do anunciante

Você pagou muito caro para colocar um anúncio na televisão, no rádio ou na internet. Então, quantas pessoas estão mudando de canal bem na hora que vai passar o seu anúncio, ou quantas pessoas estão bloqueando os seus anúncios na internet? A maioria. Pois bem, você mesmo concordou comigo que é muito chato ser interrompido quando se quer ver um conteúdo. Mas, e aí, como proceder?

Inbound Marketing/ Marketing de Atração

Tendo em vista a dificuldade de se obter retorno com as formas tradicionais de publicidade e o comportamento dos usuários atuais, sentiu-se a necessidade de transformar a publicidade. Hoje em dia, as pessoas querem informação, conteúdo que lhes acrescente algo. Com isso, surgiu o Marketing de Atração (também chamado de Inbound Marketing), no qual, o conteúdo é disponibilizado como “brinde” para todos os usuários. Em meio a uma infinidade de pessoas, uma porção delas se interessarão. É a partir dessa porção de pessoas que se interessou pelo seu conteúdo que você vai criar estratégias para que se tornem seus possíveis clientes e, quem sabe, seus futuros fãs!

O conteúdo, portanto, é o objeto de atração do Inbound Marketing. Logo, o conteúdo deve ser atrativo para alcançar o seu objetivo, que é atrair pessoas. Quais pessoas? Esse é um segundo ponto muito importante a ser discutido. Não adianta você querer agradar a todos. Você deve ter bem delimitado qual é o seu público-alvo. Só assim você poderá direcionar bem o seu conteúdo. Se, por exemplo, o seu público-alvo são mulheres jovens, que gostam de moda, não faz muito sentido você produzir conteúdo sobre carros, por exemplo… Dessa maneira, é preciso ser assertivo. Então, resumindo, aqui vão alguns passos básicos e/ou dicas de como produzir conteúdo.

Passos para começar a produzir conteúdo 

  1. Tenha bem definido qual é o seu objetivo. O que você quer vender?

  2. Para quem você pode vender? Ou seja, quem é o seu público-alvo (gênero, faixa etária, renda familiar, escolaridade, interesses, etc.).

  3. Quais são as dificuldades, dores, vontades, desejos do seu público-alvo que, com o seu produto, você pode resolver ou satisfazer?

  4. Liste as principais dúvidas, problemas, dificuldades que envolvem o seu público-alvo e que tenham a ver com o seu tipo de negócio e crie temas a serem discutidos.

  5. Leia bastante sobre os temas sobre os quais deseja criar os seus conteúdos;

  6. Faça um cronograma dos temas a serem abordados;

  7. Reserve um horário todos os dias para escrever e/ou fazer os seus vídeos (depende da plataforma que utiliza);

  8. Junto aos seus textos, utilize sempre imagens que chamem atenção;

  9. Utilize um título que chame atenção por prometer nele a resolução de um problema ou de uma dúvida.

Mas, e aí? Só o conteúdo basta?

Pois bem, conteúdos superinteressantes produzidos, automaticamente eles irão atrair pessoas que se interessem pelo tipo de conteúdo que produziu! E as outras pessoas? Se elas não se interessaram é porque elas não são interessantes para o seu negócio também! Certo? Algumas técnicas ajudam na atração do seu público-alvo, como a utilização de hashtags e a criação de anúncios de tráfego, no Facebook e Instagram Ads. Mas falaremos mais em detalhes sobre elas em outro artigo.

Como em um funil, pessoas de todos os tipos são filtradas e chegam até você uma parte delas, que se interessam pelo seu conteúdo (possíveis futuros clientes!). Se você conseguiu atrair essas pessoas até o seu blog/ canal, não poderá deixá-las sair sem estreitarem as relações!! Assim, ofereça um cadastro para que recebam atualizações de conteúdo, caso queiram! Esse cadastro corresponde a mais uma filtragem do funil. De um determinado número de pessoas que chegou ao seu blog ou seu canal, algumas irão se cadastrar. Essas pessoas, das quais você tem agora alguns dados, chamamos de leads. São para essas pessoas que iremos vender o nosso produto, pois são pessoas que já estão interessadas em uma solução.

Quando temos produtos vendidos, dizemos que houve conversões. O número de conversões é geralmente menor do que o número de leads gerados. Por isso, tivemos mais uma fase de filtração. É devido a esse processo de “filtração” de pessoas que atribuímos o Inbound Marketing a um funil. Após o processo de conversão, não pense que já atingiu o seu objetivo. Finalmente, é preciso se certificar de que o seu cliente ficou satisfeito e de que ele irá voltar! A essa etapa do Inbound Marketing nós chamados de retenção.

Fases do Marketing de Atração

Sendo assim, o Inbound Marketing possui três etapas principais: Atração, Conversão e Retenção, nessa ordem e em forma de ciclo. Ao realizar as ações de retenção, é possível que os clientes sejam atraídos novamente e convertidos, e assim, sucessivamente.

Podemos concluir que o mais importante do Marketing de Atração é a construção da confiança ao longo do processo, já que as pessoas que se tornaram seus clientes vieram da construção de uma relação. Para isso, foi preciso que você provasse que você é conhecedor daquilo que vende. Por isso, além de voltarem para você, essas pessoas indicarão outras! Nesse momento podemos dizer que você já tem promotores da sua marca! Olha que maravilha!

Reveja as imagens referentes à esse artigo para entender um pouco mais de tudo que falamos.

Você achou tudo muito complicado? Mas, realmente, esse não é um trabalho fácil, pois exige estudo de mercado e criação de estratégias. Para isso, existem os profissionais de Marketing! Entre em contato com a Optme caso queira criar uma estratégia de marketing de atração para o seu negócio, clicando aqui.

Até a próxima!